Feira de São Mateus de 2018, um marco na agenda

Carolina Matos, Carolina Silva e Sara Simplício

Este ano irá realizar-se a tradicional feira de São Mateus, em Viseu, tendo início a 9 de agosto e conclusão a 16 de setembro.

A abertura contará com a presença do Coro Mozart. Esta edição receberá também mais artistas como Amor Electro, Raquel Tavares, Paulo Sousa, Ana Moura, Richie Campbell, D.A.M.A., Anselmo Ralph, Calema, Rui Veloso, Diogo Piçarra e Xutos e Pontapés. No encerramento atuará a Banda da Armada.

Este será o 626º ano a feirar e os organizadores prometem uma edição à altura desta idade tão marcante. Em 2016 foi ultrapassada pela primeira vez a barreira de 1 milhão de visitantes. Já em 2017 este marco foi superado. O principal objetivo deste ano é atrair ainda mais pessoas.

Atualmente conhecida como feira de São Mateus, já foi também denominada de Feira Franca de Viseu. Foi criada pela Carta de Feira concedida pelo rei D. João I a 10 de janeiro de 1392.

 

 

A requalificação do IP3 arranca em 2019 e custará 134 milhões de euros

Ruben Paiva e David Marques

A obra que vai permitir ligar Coimbra e Viseu em 43 minutos, vai custar 134 milhões de euros e estará concluída no final de 2022.

O Itinerário Principal 3 (IP3), era uma das estradas mais mortíferas de Portugal. Em 15 anos, foram registadas 85 vítimas mortais, dando uma média de 6 mortes por ano.

Esta requalificação levará a um aumento da segurança rodoviária e a uma diminuição do tempo de viagem, pois o limite de velocidade e o número de faixas irão aumentar.

A obra custará 134 milhões de euros investidos pelo Estado, tendo algumas consequências menos postivas no orçamento. Para equilibrar e para que as despesas não sejam tão agravantes, poderão ser instalados vários postos de portagens.

 

 

Cinema na Cidade está de regresso

Filipe Filipe e Tiago Ribeiro

Vai decorrer, em Viseu, o Cinema na Cidade, promovido pelo Cine Clube (CCV) nos dias 25 a 29 de julho.

Criado para agradar aos amantes do cinema, o Cinema na Cidade tem como principais objetivos partilhar com o público a arte cinematográfica e divulgar o cinema português. Nascido em 1955, o CCV continua a mostrar novas obras com frequência, desta vez de segunda-feira até sexta-feira da última semana de julho das 9h30 às 13h00. Isto tudo em Viseu ao ar livre.

Com entrada livre, as noites de projeções ao ar livre no Centro Histórico irão contar com os filmes “A Minha Vida de Courgette” de Claude Barras, “Mustang” de Deniz Gamze Ergüven, “O Grande Ditador” de Charlie Chaplin, “Eu, Daniel Blake” de Ken Loach, e “Le Samourai” de Jean-Pierre Melville.

 

 

Viseu brilha no estudo Escolha do Consumidor 2018

Leonor Sardinha e Liliana Figueiredo

Os portugueses colocaram Viseu no terceiro lugar do seu top de preferências. Durante o mês de maio a Escolha do Consumidor fez estudos em diferentes categorias que serviram para eleger a melhor cidade de 2018.

A nível dos estudos da saúde, da segurança e da melhor qualidade de vida, Viseu foi o concelho que mais preferências teve. O concelho foi também eleito o melhor nas categorias “Lifestyle”, “Serviços”, “Lifestages” e “Living”.

Apesar de Lisboa e Porto assumirem os dois primeiros lugares no pódio da Escolha do Consumidor, respetivamente primeiro e segundo lugar, Viseu não fica atrás e vem de seguida no terceiro lugar com as muitas preferências destacadas no estudo.

 

 

Jardins Efémeros de regresso com o corpo como  campo de batalha

Maria Inês Marques e Maria João Dias

Neste ano os Jardins Efémeros (JE) decorrem de 6 a 10 de julho nos diferentes espaços disponibilizados por particulares e Câmara Municipal contando com atividades como artes visuais, som, cinema, oficinas, dança e teatro.

Os JE são um evento cultural com sede na cidade de Viseu e decorrem todos os anos ao longo do mês de julho. Apresentam uma forte componente experimental, com objetivo de potenciar a relação entre artistas, investigadores, associações culturais e sociais. A programação oferece aos viseenses e a todos os que visitam o evento experiencias únicas.

Este ano são utilizados espaços icónicos da cidade de Viseu como a Sé, a Igreja da Misericórdia, museus, capelas, edifícios públicos e privados, jardins e praças. Os concertos, as exposições, as performances e outras atividades culturais garantem a presença de vários artistas tais como: Francisca Mata, Paula Magalhães, Abul Morgad, Joana Alves e muitos mais. Estas propostas têm como objetivo sensibilizar os seus visitantes para a cidadania e valorização do património, respeitando-o profundamente.

 

 

Festival Tom de Festa leva a Tondela o melhor do Brasil

Carolina Avelãs e Maria Azevedo

A cor da Língua ACERT (Associação Cultural e Recreativa de Tondela) abraçou mais um desafio encantador. Na 28ª edição a música do Brasil é omnipresente. As portas abrirão no dia 19. Nos dias 20 e 21 subirão ao Palco nomes da música brasileira, tais como Wado, Maíra Baldaia, Octavio Cardozzo e Guilherme Ventura, cruzando milhas e levando-nos ao outro lado do Atlântico numa viagem de sonoridades brasileiras.

De acordo com a associação, o festival Tom de Festa vai levar a Tondela “o que de melhor se faz na área da música”, propondo também apresentações de livros e discos, “workshops”, diversificadas experiências gastronómicas e um conjunto de exposições em apenas três dias. A pulseira tem um preço simbólico de 5€ para os dias de Festival.

“Não vamos ter um dia mais forte do que os outros, porque o Tom de Festa vale pelo seu todo e pela diversidade. Vai do fado ao ‘funk’ e até passa pelo ‘Tom de Filmes’, que foi criado especificamente para o festival.”, revelou a ACERT.

 

 

Viseu recebe a 55ª edição da Europeade

Maria Batista e Sofia Costa

O Festival de Folclore Europeade irá decorrer entre 25 e 29 de julho em Viseu, e juntará centenas de grupo de folclore de todo o mundo.

A Europeade é um festival de folclore, organizado pela Associação Internacional sem fins lucrativos Europeade, desde 1964. O evento reúne grupos de quase 30 países, tendo como objetivo a salvaguarda e a promoção da identidade e do património cultural imaterial europeu.

O Comité Internacional da Europeade é constituído por representantes da Bélgica (que preside), da Alemanha, da Bulgária, do Chipre, da Espanha, da Estónia, da Finlândia, da França, da Itália, de Portugal, do Reino Unido, da República Checa, da Roménia e da Suíça.

Este festival é constituído por cerca de 5000 pessoas inscritas, agrupadas, que dançam e cantam as suas músicas tradicionais, mostrando também os seus trajes de dia e de noite.

 

 

Filomena Cautela na Feira de S. Mateus

Guilherme Costa, Filipe Marques e João Ferreira

Filomena Cautela será o rosto do Concurso dos Vestidos de Chita, na da Feira de São Mateus. O concurso está agendado para a noite de 19 de agosto, domingo, e a entrada na Feira de São Mateus é gratuita para ver a passerelle repleta de criações de profissionais e amadores que reinterpretam os tecidos tradicionais.

O Concurso dos Vestidos de Chita era uma tradição com grande impacto na Feira de São Mateus dos anos 70 e 80 e foi recuperado do baú em 2016. Este ano acrescenta uma novidade: a criação de uma categoria para vestidos de noiva de chita.

 

 

Requalificação do IP3 vai custar 134 milhões de euros

Miguel Barbosa e Miguel Gomes

O chefe do governo referiu este mês em Penacova que a requalificação do IP3 entre Viseu e Coimbra vai acontecer no início de 2019 com bastante esforço orçamental.

A requalificação vai acontecer muito pelo elevado número de mortes, estando previsto que o IP3 fique com duas vias de cada lado e sem portagens. A sua requalificação tem sido assunto recorrente últimos anos, mas até hoje ainda não aconteceu.

De acordo com o Público, o IP3 ligaria a fronteira de Vila Verde da Raia à Figueira da Foz atravessando os distritos de Vila Real, Viseu e Coimbra. Possui uma extensão de 279 km, dos quais 202 km em perfil transversal de autoestrada e os restantes 77 km em perfil de via rápida com 1 faixa de rodagem.

 

 

Renasce o cinema nas ruas de Viseu

Maria Inês Gonçalves e Sofia Dias

De 23 a 27 de julho, o Cine Clube Viseu volta a realizar sessões de cinema ao ar livre na praça D. Duarte e Museu Grão Vasco.

Esta iniciativa, Cinema na Cidade, traz um programa de cinco filmes para todas as idades com entrada livre. O programa de 2018 contará com filmes como, “A Minha Vida de Courgette” (agraciado com o prémio do público para o melhor filme Europeu), “O Grande Ditador” de Charlie Chaplin e “O Ofício de Matar” de Jean-Pierre Melville, os contemporâneos “Mustang” de Deniz Gamze Ergüven e a obra prima de Ken Loach, “Eu, Daniel Blake”.

O cinema ao ar livre é organizado pelo Cine Clube de Viseu desde 1982, com o objetivo de manter o cinema presente, e divulgá-lo enquanto arte e numa perspetiva de cultura integrada. Trata-se, por diversas razões, de uma atividade cultural de grande tradição e expressão.

O cineclube foi fundado em 1955 em Viseu para partilhar com o público a sétima arte e divulgar o cinema português. Os projetos desenvolvidos procuram integrar um panorama cultural mais vasto, através de três áreas principais de atividade: exibição, publicação e educação.

 

 

Escolha do Consumidor elege Viseu como terceiro melhor concelho português

Catarina Campos e Sara Gabriel

O início deste verão foi marcado pelo destaque de Viseu no top 3 dos melhores concelhos de Portugal, pela Escolha do Consumidor, devido à sua qualidade de vida.

Lisboa e Porto ocupam os primeiros lugares, pela maior facilidade de arranjar emprego e criar negócio, ter acesso a vida social, mais atividades culturais e gastronómicas e a melhores redes de transportes públicos, escolas e serviços de abastecimento. Contudo, Viseu destaca-se nas categorias “Living”, por ocupar o primeiro lugar em melhor concelho para ser mais feliz e saudável, com uma maior qualidade de vida e segurança; “Lifestyle”, por ser o melhor concelho para comprar casa; “Serviços”, por ter a melhor limpeza em espaços públicos e “Lifestages”, por ser o mais favorável para os idosos.

O prémio Escolha do Consumidor é atribuído com base na opinião dos consumidores, pretendendo saber o seu nível de satisfação de produtos e serviços para a elaboração de inquéritos. Para a realização deste estudo foram inquiridas mais de mil pessoas residentes em Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal e Viseu, os dez distritos portugueses com mais população.

 

Mobiliário a partir de caixas de ovos em Viseu

Beatriz Neves e Daniela Henriques

O ano de 2018 não é exceção. Há mais uma edição dos famosos Jardins Efémeros, em Viseu, que se iniciou no passado dia 6 de julho e pode ser visitada pelos turistas e viseenses até ao dia 10.

À semelhança de anos anteriores, o centro histórico da cidade de Viriato fica repleto de visitantes, que têm pleno interesse em conhecer os sítios mais atrativos deste evento e onde poderão participar em workshops e ver exposições. Poderão fazê-lo em locais como a rua do Comércio, Sé Catedral, Praça D. Duarte e Largo Pintor Gata.

Nesta VIII edição, o tema principal é o corpo, havendo várias exposições relacionadas com o ser humano e a sua anatomia. Este ano o tema é a prova de que o nosso corpo é como um “ veículo de discursos artísticos”.

A grande inovação deste ano são as peças de mobiliário para os visitantes se sentarem feitas a partir de embalagens de ovos.

Durante os diversos dias dos Jardins, o visitante também tem a oportunidade de ouvir vários talentos musicais como por exemplo Nicholas Bamberger e André Gonçalves & Casper Clausen.

 

 

Tom de Festa” é um dos mais antigos festivais de música do mundo

Beatriz Rebelo e Raquel Cruz

O festival “Tom de festa”, realizado pela ACERT, em Tondela, tem a duração de 3 dias entre 19 e 21 de julho, com o objetivo de celebrar a música contemporânea brasileira.

De acordo com Miguel Torres, da Associação Cultural e Recreativa de Tondela (ACERT), em declarações ao “Diário de Notícias” o festival de três dias “vai estar cheio de espetáculos, com música de grande qualidade”. O organizador também explica que o projeto de regeneração urbana do centro histórico de Tondela, que a associação tem em parceria com a câmara municipal deu o mote ao festival.

Este festival é um dos mais antigos festivais de música do mundo e conta com vários tipos de música, desde funk ao fado e leva mais de 140 músicos ao palco.

A gastronomia também terá lugar de destaque neste festival. Foram convidados quatro parceiros para que mostrassem o que sabem confecionar de melhor para posteriormente darem a provar ao público.

Este evento terá muitas novidades, tais como o lançamento de uma pulseira que custa 5 euros por pessoa, e dará acesso aos 3 dias do festival.

 

 

Viseu a nova Capital Europeia do Folclore

Afonso Rocha e Martinho Silva

O festival de cultura folclórica europeia, o Europeade, irá se realizar de dia 25 a 29 de julho de 2018 em Viseu.

Europeade é realizado num país europeu diferente a cada ano. A última Europeade foi realizada em Turku , na Finlândia , em 2017.

Europeade é uma reunião anual independente de 5.000 pessoas envolvidas em dança folclórica e música de toda a Europa. Reunidos por uma semana no verão todos os anos, muitas vezes em uma nova cidade na Europa, encontram-se velhos amigos e novos grupos juntos. Mostram  danças em exibições em grandes arenas e nas ruas da cidade, e seguram uma bola, um desfile e um serviço ecumênico. Os grupos dançam, cantam e tocam suas músicas em trajes pela cidade durante todo o dia e toda a noite! Compartilham a sua cultura regional com os habitantes locais e uns com os outros.

A estilista Katty Xiomara associa-se a Viseu para a criação de uma linha de moda inspirada no folclore da região. Da coleção fazem parte uma linha de merchandising de moda (t-shirts, bonés, casacos, calças, meias, gravatas, lenços, entre outras peças), trajes especiais e o fardamento do staff do festival.

 

 

A feira está no sangue das famílias e amigos, que todos os anos se reencontram em Viseu

Rodrigo Coelho e Rodrigo Videira

A abertura de mais uma edição da Feira de São Mateus, em Viseu, está agendada para o dia 9 de Agosto, quinta-feira. O certame decorrerá até ao dia 16 de Setembro, domingo. A inauguração vai realizar-se no Campo Viriato e terão intervenção neste evento o presidente da Câmara Municipal, Almeida Henriques, o vereador da Cultura e gestor da Feira, Jorge Sobrado, e a presidente da Direção da Viseu Marca, Cristina Paula Gomes.

Estão ainda confirmados os seguintes artistas Amor Electro (10 AGO), Raquel Tavares (11 AGO),   Mickael Carreira (15 AGO), Richie Campbell (17 AGO), Ana Moura (18 AGO), Ruca e Amigos (19 AGO), D.A.M.A. (22 AGO), Anselmo Ralph (24 AGO), Maria Rita (25 AGO), Quinta do Bill (29 AGO), Calema (31 AGO), Rui Veloso (1 SET), Orelha Negra (5 SET), ABBA Gold (7 SET), Diogo Piçarra (8 SET), Xutos e Pontapés (15 SET).

 

 

Governo desembolsa 134 milhões de euros para a requalificação do IP3

Francisca Andrade e Inês Sebadelhe

Após estudados todos os orçamentos para a requalificação do IP3 o Governo optou pelo investimento mais rentável. Serão investidos 134 milhões de euros nas obras que foram lançadas na passada segunda-feira dia 2 de julho de 2018.

Está previsto que o projeto termine em 2022, ou seja, demorará cerca de 4 anos, e terá como objetivo encurtar o tempo entre Viseu e Coimbra em 22 minutos, escreve o “Expresso”.

Segundo declarações de Pedro Marques ao “Público”, a obra fornece um “reforço muito grande da segurança da via e um reforço da própria competitividade económica da região”, ou seja, permitirá reduzir os acidentes rodoviários e ajudará no desenvolvimento regional de Viseu e Coimbra. O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, acrescenta que, de acordo com a informação do jornal “Expresso”, o projeto terá em conta a orografia regional “o que levará a que 85% da sua extensão venha a ter perfil de autoestrada, quando atualmente apenas 21% do traçado tem via dupla.”

Esta obra foi financiada pelo investimento público direto de forma faseada informação explicada por António Costa na cerimónia que teve lugar em Penacova na passada segunda-feira.

Esta obra vai ter também em conta o impacto ambiental, com base num projeto que arrancará em 2019, dando principal importância à zona entre o nó de Penacova e o nó da Lagoa Azul,  zona mais crítica do IP3, a da Livraria do Mondego.

Em declarações ao “Público”, “o ministro assegurou que o Governo “está a fazer esta obra assim para não transformar o IP3 numa autoestrada com portagens”. “É compromisso do Governo”, frisou.

 

 

Cinema na Cidade de Viseu

Ana Ribeiro e Simão Invêncio

“Cinema na Cidade” realizar-se-á nos próximos dias de 23 a 27 de julho, no centro histórico de Viseu. Esta atividade é promovida pelo Cine Clube de Viseu. “Cinema na Cidade” consiste na reprodução de filmes numa tela gigante ao ar livre.

Lady Bird (dia 23); Ilha dos Cães (dia 24); Filmes-Concerto (dia 25); Pat & Mat (dia 26); Cinema Paraíso (dia 27), estes são os filmes para cada um dos dias.  Em todos os dias os filmes serão passados na Praça D. Duarte às 21:30 exceto na quarta-feira que é no Museu Nacional Grão Vasco às 21. A entrada é gratuita. Em edições anteriores as pessoas adoraram e têm vindo a elogiar comentando, por exemplo: “Desde 1955, o CCV a dar a ver, a ensinar a ver e a ensinar a fazer cinema e audiovisual, dia após dia, semana após semana, mês após mês, ano após ano, década após década.”

O Cine Clube de Viseu está carregado de história, pois já tem 60 anos de existência. A sua sede localiza-se na rua Escura, Viseu. Está aberto das 9:30 às 18:30, de segunda a sexta-feira.

 

 

Escolha do consumidor ’18 destaca Viseu

Filipa Ferreira, Madalena Martins e Sofia Oliveira

A Escolha do Consumidor ’18 considerou que Viseu se encontra em terceiro lugar a nível nacional, no mês de maio, pois os portugueses são da opinião que a cidade oferece segurança e boas condições de vida à população, resultado obtido pelas votações.

Neste estudo “Escolha do Consumidor ‘18” foram inquiridas mais de mil pessoas, durante o mês de maio, com idades compreendidas entre os 18 e 70 anos, residentes nos 10 distritos mais populosos do país: Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal e Viseu.

Viseu está no topo das preferências por ser um distrito mais saudável, seguro e com maior qualidade de vida. Sendo eleito o melhor concelho de compra de imóveis, “Lifestyle”; com maior limpeza no espaço público, “Serviços” e melhor cidade para idosos, “Lifestages”; embora tenha sobressaído também na categoria “Living”.

Por outro lado, Viseu não obteve tão bons resultados a nível cultural, destacando-se Porto e Braga. Lisboa ficou em primeiro lugar e o Porto destacou-se em segundo, logo, Viseu encontra‑se num lugar privilegiado e de grande orgulho por parte da população viseense.

 

 

Jardins efémeros terminam amanhã em Viseu

Guilherme Santos e Simão Tavares

Os Jardins Efémeros, que durarão de dia 6 até dia 10, são uma plataforma cultural multidisciplinar com sede em Viseu, cujo tema deste ano é “O Corpo”

“As criações preparadas para esta edição procuram contribuir para uma reflexão sobre a pressão e as novas possibilidades que a vida humana se debate no mundo atual e teve por base a convicção de que permitirá uma enorme diversidade de abordagens artísticas e pedagógicas, pertinentes e plurais., lê-se numa notícia publicada pelo jornal Público

Com um custo total de 170 mil euros, 100 mil foram conseguidos através de uma candidatura ao programa municipal de apoio à cultura, aos quais se somam mais 25 mil euros em apoios não financeiros (logística, comunicação e isenção de taxas e licenças), enquanto que a restante verba foi conseguida através de apoios de empresas e instituições.

 

 

Feira de São Mateus regressa a Viseu em 2018

Constança Pereira e Francisco Augusto

A 626ª edição da maior feira da Península Ibérica regressa a Viseu a partir 9 de agosto e termina a 16 de setembro, contando com mais de 39 eventos.

Durante os 38 dias, dos quais 17 são pagos, muitas são as atrações propostas aos visitantes. Desde a banda Xutos e Pontapés até ao cantor Anselmo Ralph, o cartaz da próxima edição da Feira de São Mateus promete. Há 626 anos que esta feira é realizada e na edição deste ano podemos contar com as habituais atrações infantis, mas também com inúmeros concertos de grandes artistas da música portuguesa.

Um dos principais pontos de todas as edições desta feira são as barracas de comida, havendo diversos restaurantes, apesar de o maior foco de quem a visita ser direcionado para as farturas.

A organização deste evento é promovida pela Viseu Marca e pelo Município de Viseu.

 

 

Requalificação do IP3 pronta em quatro anos

Inês Figueiredo e Marta Almeida

IP3, estrada que liga Viseu a Coimbra, tornar-se-á uma espécie de autoestrada, mas sem portagens com quatro faixas, duas em cada sentido.

Após 14 anos de reveindicações, o IP3 vai finalmente ser requalificado, devido ao facto de ser uma das estradas mais perigosas do país, onde, nos últimos dez anos morreram 27 pessoas.

“Em 85%, ou seja, 75 quilómetros de extensão, o IP3 terá quatro faixas, duas em cada sentido. Três faixas (2+1) em 12% e duas faixas (1+1) em 3%”, explicou Rogério Abrantes, presidente da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, em declarações ao Correio da Manhã.

Esta obra vai custar ao Estado cerca de 134 milhões de euros e prevê-se que estará concluída no final de 2022, apesar de não haver data prevista para o seu arranque e, a seguir ao túnel do Marão, vai ser a mais importante obra para a região.

O IP3 é a única solução para quem se desloca de Viseu a Coimbra e estima-se que diariamente seja usado por 20 mil pessoas.

 

 

Cinema na cidade de Viseu

Maria Augusto e Rita Lopes

Foi divulgado pelo Cine Clube de Viseu o programa da iniciativa Cinema na Cidade, que mais uma vez, ocupa o centro histórico de Viseu, de 23 a 27 de julho. O cinema ao ar livre é organizado pelo Cine Clube de Viseu desde 1982, tratando-se de uma das atividades culturais de maior tradição e expressão nesta região.

O Cine Clube de Viseu apresenta cinco filmes, indicados para todas as idades, começando na primeira noite com o drama “Lady Bird”. Conta-se ainda com a animação em stop-motion “Ilha dos Cães”(24/7); uma sessão de filmes-concertos no Museu Grão Vasco, onde serão exibidos os filmes “Transitions” e “Viseu 1930″(25/7); uma sessão para as crianças com “Pat e Mat”(26/7); e, na última noite, o clássico italiano “Cinema Paraíso”.

O cinema ao ar livre acontece, com entrada livre, na Praça D.Duarte, mas também no Museu Nacional Grão Vasco.

 

 

Portugueses elegem Viseu no top dos consumidores

Mariana Gomes e Raquel Soares

Viseu surpreende ao ser destacado no 3º lugar do estudo levado a cabo pela Escolha do Consumidor, no passado mês de maio, ficando imediatamente a seguir a Lisboa e Porto.

A eleição de Viseu no top das preferências foi efetuada tendo em conta a segurança, qualidade de vida, sendo considerado o concelho mais saudável e para ser mais feliz. Foi também nomeado o melhor para comprar casa (na categoria de lifestyle), com melhor limpeza num espaço publico (serviços) e o melhor para idosos.

Lisboa e Porto ocupam os primeiros lugares no pódio devido a serem os melhores concelhos para trabalhar, criar negócio, ter vida social, atividades culturais e gastronómicas, com melhores transportes públicos, escolas, melhores serviços de abastecimento de água/eletricidade e gás.

O inquérito deste estudo incidiu num público com mais de mil pessoas, com idades entre os 18 e os 70, residentes nos 10 distritos mais populosos do país, no qual foi avaliada a satisfação com as marcas nas diversificadas categorias.

 

 

Viseu de novo transformado num jardim efémero

 Sofia Henriques e Madalena Moreira

De 6 a 10 de julho decorre junto à zona histórica da cidade de Viseu o evento “Jardins Efémeros” cujo tema deste ano é “corpo”.

Durante uma semana a cidade transforma-se num enorme jardim onde ocorrem distintas formas de expressão artística sendo nele proporcionados aos visitantes: artes visuais, arquitetura, som, cinema, pólis, oficinas, mercados, teatro e dança. Artistas internacionais e nacionais irão atuar neste evento. Tudo isto se desenrola por todo o centro histórico da cidade, sendo todo o programa gratuito.

Dentro dos acontecimentos do festival, destacam-se os concertos de grandes artistas como Nicholas Bamberger(CH), André Gonçalves(PT) & Casper Clauser(DK), Abul Morgad(RS), Mehriyan(IR). Tendo alguns mais do que um espetáculo no decorrer dos Jardins Efémeros.

Este projeto financiado pela Câmara Municipal de Viseu, dinamizado pela associação “Pausa Possível” e idealizado por Sandra Oliveira vai já na oitava edição.

 

 

Xutos & Pontapés confirmados na feira de S. Mateus

Ruben Ferreira e Gonçalo Pinto

Num ano especial para os Xutos e Pontapés, a banda portuguesa vem atuar a Viseu no fim de semana de fecho da Feira de São Mateus, no dia 15 de setembro, pelas 22 horas.

É previsto um concerto longo, mas repleto de memórias, emoções e homenagem a Zé Pedro, um dos membros fundadores da banda falecido este ano.

Passados 4 anos, uma das bandas mais emblemáticas do rock português regressa ao palco da mais antiga feira franca da Península Ibérica.

A participação dos Xutos contribuirá certamente para que o número de visitantes da feira ultrapasse a média de outros dias.

 

 

Requalificação do IP3 vai custar 134 milhões de euros

Maria Serrano e Maria Oliveira

A requalificação do IP3 foi anunciada no dia 2 de julho com o lançamento dos primeiros concursos para esta obra, que só deverá estar concluída no final de 2022, segundo previsão do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas – ou seja, daqui a mais de quatro anos. Estas obras irão, na prática, encurtar o tempo de percurso pelo IP3 entre Coimbra e Viseu em 22 minutos, escreveram o “Público” e o “Jornal de Negócios”.

António Costa sublinhou que 85% do traçado vai ficar com perfil de autoestrada – com duas faixas em cada sentido -, quando hoje o IP3 apenas tem um quinto da via com esse perfil.

Mesmo assim, nos 15% onde não haverá um perfil de autoestrada, haverá, “em quase a totalidade”, duas faixas num sentido e uma no sentido contrário.

No total, só “3% do troço poderá ter de permanecer apenas com uma faixa para cada lado”, nomeadamente nas pontes, onde ainda vai ser avaliado se há condições “para algum tipo de alargamento”, explicou António Costa.

 

 

Viseu no pódio do prémio escolha do consumidor

Bernardo Lourenço e Lucas Aparício

Viseu ganha na categoria “Living”, é o melhor concelho para comprar casa (na categoria de “Lifestyle”) e é considerada como a cidade mais limpa no espaço público (“Serviços”). Foi escolhido também como o melhor para idosos (na categoria “Lifestages”).

Os consumidores portugueses colocaram Viseu em destaque no top das preferências por as razões acima enumeradas, segundo o estudo da Escolha do Consumidor, que serviu para eleger os melhores em diferentes categorias.

Lisboa e Porto lideram as preferências, mas o concelho de Viseu também está no pódio, em terceiro lugar, por ser mais saudável ter mais segurança e uma melhor qualidade de vida.

“É a primeira vez que se faz este estudo”, conta ao DN José Borralho, CEO da Escolha do Consumidor, que avalia a satisfação com as marcas. Agora procurou-se também saber “as tendências que mexem com os consumidores” e assim “foi importante olhar para os concelhos” e ver “o que os consumidores querem”.

O estudo foi feito com base em mil pessoas, entre os 18 e os 70 anos, que vivem nos 10 distritos mais populosos do país – Aveiro, Braga, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal e Viseu.

 

 

Quando chega o verão, chega a feira

Constança Oliveira, Mariana Almeida e Helena Sofia

Em 2018, em Viseu, a Feira é de 9 de agosto a 16 de setembro. Neste ano irão estar presente os seguintes artistas: Amor Electro, Raquel Tavares, Paulo Sousa, Mickael Carreira, Ana Moura, Anselmo Ralph, entre outros.

A antiga Feira Franca de Viseu, atualmente conhecida como Feira de S. Mateus, foi criada pela Carta de Feira concedida pelo rei D. João I em 10 de janeiro de 1392.

Atualmente é a feira mais antiga do país.

Em 2014, a Expovis, que organizava a feira, entrou em processo de extinção, sendo substituída em 2016 pela Viseu Marca. Em 2015 dava-se início à revitalização da feira, com alterações ao nível da sua programação e promoção, bem como da disposição do recinto.

 

 

Viseu no top 3 das melhores cidades

João Carmo e Timóteo Melo

Viseu, depois do estudo da “Escolha do consumidor”, foi considerado o concelho mais saudável, com mais segurança e melhor qualidade de vida, ficando no top 3 lado a lado com Lisboa e Porto.

Viseu foi também eleito o melhor concelho para comprar casa (na categoria de “Lifestyle”) e com melhor limpeza no espaço público (“Serviços”). Foi escolhido ainda como o melhor município para idosos (“Listagens”).

O município sobressai na categoria “Living”, por ocupar o primeiro lugar como melhor concelho para ser mais feliz, ter melhor qualidade de vida, ser mais saudável e com mais segurança.

A cidade do interior ficou apenas atrás de Lisboa e do Porto, mas sendo avaliada muito positivamente em vários aspetos nos quais bateu os dois primeiros.

Para este inquérito foram questionadas mais de mil pessoas que integram a faixa etária entre os 18 e os 70 anos de idade.

A capital da Beira Alta já foi eleita por duas vezes pela DECO ,2007 e 2012, como a que tem melhor qualidade de vida.

 

 

Xutos & Pontapés confirmados na feira de S. Mateus

Gonçalo Pinto, Maria Boloto , Rúben Ferreira 

Num ano especial para os Xutos e Pontapés, a banda portuguesa vem atuar a Viseu no fim de semana de fecho da Feira de São Mateus, no dia 15 de setembro, pelas 22 horas.

É previsto um concerto longo, mas repleto de memórias, emoções e homenagem a Zé Pedro, um dos membros fundadores da banda falecido este ano.

Passados 4 anos, uma das bandas mais emblemáticas do rock português regressa ao palco da mais antiga feira franca da Península Ibérica.

A participação dos Xutos contribuirá certamente para que o número de visitantes da feira ultrapasse a média de outros dias.

Os bilhetes podem ser adquiridos no próprio site da feira.

 

 

A feira mais antiga da Península Ibérica prestes a abrir

Ana Melo e Jacinta Lourenço

Com 626 edições a Feira de S. Mateus, a mais antiga da Península Ibérica, está a ser disposta no Campo de Viriato desde o dia 27 de junho para a abertura que ocorrerá no dia 9 de agosto e que durará até ao dia 16 de setembro. Esta feira atrai anualmente milhares de visitantes que contribuem para um grande crescimento do turismo em Viseu.

O evento contará com a presença de diversos grupos e solistas para alegrar a feira, entre eles o grupo musical AMOR ELECTRO, Mikael Carreira e os D.A.M.A. Teremos um conjunto de atuações não musicais dirigidas desde crianças até aos seniores, sendo um ótimo destino para tempos em família.

Não podemos esquecer as famosas diversões, que acabam por ser das atrações principais para turistas e locais aproximando alegria e cultura para todas as idades.  A feira, para além de todas as apresentações e espaços lúdicos, oferece também uma variada restauração com a presença dos pratos mais típicos de Viseu.

“A feira de São Mateus dá vida a cidade de Viseu” ou ” As noites de verão querem-se na Feira” são duas das opiniões veiculadas pelos visitantes do certame.

Sabemos ainda que este ano a Feira de S. Mateus terá em conta os problemas ambientais e está a adotar diversas medidas de proteção do ambiente, entre elas materiais recicláveis e prevenção do desperdício em iluminação e canalização.

O site oficial da Feira oferece ainda oportunidades para abrir ou promover negócios gastronómicos, artesanais etc.

 

 

Filomena Cautela na Feira de São Mateus 

Filipe Esteves e Luís Matos

Filomena Cautela apresentadora da Eurovisão e do programa 5 para a meia noite, irá apresentar o concurso dos Vestidos de Chita, no dia 19 de agosto na Feira de São Mateus.

O Concurso dos Vestidos de Chita na Feira de São Mateus tem este ano um grande nome televisivo, Filomena Cautela. Esta apresentadora, conhecida por ter sido uma das apresentadoras de Eurovisão de 2018 e por apresentar o famoso programa “5 para a meia-noite” será a cara do concurso dos Vestidos de Chita este ano.

O Concurso dos Vestidos de Chita era uma tradição com grande impacto na Feira de São Mateus dos anos 70 e 80 e foi recuperado do baú em 2016. Este ano acrescenta uma novidade: a criação de uma categoria para vestidos de noiva de chita.

O concurso está agendado para a noite de domingo do dia 19 de agosto. Para mais informações consulte o site www.feirasaomateus.pt.