Évora regista maior número de desempregados dos últimos quatro anos

O número de desempregados inscritos em setembro, nos centros de emprego de Évora, aumentou 45,2% face ao período homólogo de 2019, segundo os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Por Ana Catarina Correia

Évora vinha a diminuir o número de inscritos nos centros de emprego desde 2016, no entanto, e como consequência da crise pandémica que condicionou a economia do país desde o final do primeiro trimestre, os números voltaram a aumentar.

De acordo com o boletim estatístico de IEFP, no final de setembro, havia 2091 inscritos nos centros de emprego de Évora, mais 651 do que no mesmo mês de 2019, altura em que a capital de distrito registou o seu valor mais baixo desde 2010.

Entre os desempregados, 59,1% têm idade igual ou superior a 35 anos, menos 5,6% do que no mesmo período de 2010. No que diz respeito ao sexo dos inscritos no centro de emprego, verifica-se uma tendência ao longo dos anos, sendo que mais de metade dos inscritos continuam a ser do sexo feminino.

Ainda que os números tenham aumentado de 2019 para 2020, os valores obtidos este ano representam uma descida no número de inscritos de 21,3% em relação ao mesmo período do início da década.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *