Viseu e a street art voltam a trabalhar juntos

Durante o decorrer desta semana, Viseu voltou a ser tela e onze foram o número de novas intervenções que se podem encontrar pela cidade e freguesias, integrando o roteiro de street art de Viseu.

Integrando-se no Cubo Mágico, projeto que traz à cidade mais de 600 propostas culturais, o Festival de Street Art de Viseu dedica-se a todos os públicos e irá decorrer até dia 21 de setembro.

Nomes como Mosaik, Draw & Contra, Bordalo II e artistas locais como Nuno Rodrigues e Ana Seixas vão retratar locais como o Instituto Politécnico de Viseu, Rua do Coval, Escola da Ribeira e fora da cidade, nas freguesias de Cavernães, Farminhão e Couto de Viseu.

Paulo Medeiros, que também integra o projeto, já terminou a sua obra, junto à Escola Básica João de Barros, com uma homenagem póstuma ao jovem artista viseense João Conde.

Durante o fim-de-semana os visitantes poderão ainda assistir, ao vivo, à criação das então novas obras e instalações a serem realizadas pela cidade de Viseu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *