“Para as pessoas é muito difícil manterem-se distantes ou terem uma conversa dois metros de distância”

Diogo Abdul, de 22 anos, é ex-aluno da escola superior de educação de Viseu, do curso Desporto e Atividade Física. O seu percurso profissional passa pelo futebol e pela área do fitness. O jovem fez parte das camadas jovens do CD Tondela, e na época passada jogou no campeonato de Portugal pelo Sport Clube Penalva do Castelo. Na próxima época (2020/2021) vai vestir a camisola do FC Oliveira do Hospital. Atualmente é um dos personal trainers do Desafio Fit, em Repeses. Começou a trabalhar na indústria do fitness há cerca de um ano e fala sobre as medidas que tiveram de ser adotadas pelos ginásios para poderem reabrir, e como é que está a ser a adaptação dos sócios do ginásio a esta nova realidade.

Entrevista de Cláudia Prazeres


 Diogo Abdul, Personal Trainer

Quais são as medidas de segurança/higiene adotadas pelo ginásio?

As medidas adotadas pelo ginásio, não foram, a maior parte, uma iniciativa do ginásio, mas sim da DGS, Direção- Geral da Saúde, que recomendou e estabeleceu normas para que alguns ginásios pudessem reabrir, então o que nos limitámos a fazer, foi adotar essas medidas e implementá-las no nosso estabelecimento, e são elas: A limitação da capacidade do ginásio, limitámos para 50%, tanto nas aulas de grupo como na sala de exercício, limitámos também as máquinas, ou seja, tirámos algumas máquinas para aumentar a distância entre máquinas e entre alguns elementos. Temos, então, as recomendações afixadas para os sócios, as recomendações e as regas que têm de ser seguidas obrigatoriamente para utilização do ginásio,  o distanciamento mínimo de 2 metros entre sócios, o uso da máscara entre balneário e zona de treinos. Na zona de treino o uso de máscara é facultativo para os sócios, mas obrigatório para os treinadores. Na entrada o uso de máscara também é obrigatório. Também é obrigatório desinfetar o material utilizado após utilização. Antes é facultativo. Temos 4 postos de desinfeção. Os halteres, barras e zonas com matérias mais porosos estão isolados com celofane para que não haja uma dificuldade em limpar ou para que haja uma maior facilidade em trocar e facilmente desinfetar, e fazer com quem fique mais seguro utilizar. Quanto ao treino personalizado, contínua acontecer com as devidas normas de distanciamento entre sócio e treinador. Agora também temos os duches, contudo há também normas, como a desinfeção de cacifos após a utilização, a desinfeção do banco, dos cabides, tudo isto passou a ser necessário.

Os clientes estão a respeitar as medidas?

A grande parte dos clientes está a respeitar as medidas implementadas, quase a totalidade, há apenas um ou dois clientes que não estão, ou porque não estão tão informados ou às vezes por esquecimento não higienizam a sua máquina ou não trazem toalha.Há sempre por parte do instrutor de sala, esse aviso, essa informação para a utilização da sala de exercício. Para a utilização da sala de exercício, é obrigatório o uso de toalha. É obrigatório a desinfeção. As pessoas estão a aderir, e estão se a sentir seguras, ou seja, o que elas têm de fazer é aquilo que as vais permitir que se sintam seguras. Então, se a pessoa se quer sentir segura a treinar tem de respeitar as regras, e isso está a fazer com que a malta colabore, e na verdade estamos muito satisfeitos com os nossos sócios.

Qual é a medida/regra de higiene que os clientes se queixam mais ou têm mais dificuldade em cumprir?

A regra do toque e do distanciamento. Para as pessoas é muito difícil manterem-se distantes ou terem uma conversa a cerca de dois metros de distância.  Algumas pessoas estavam habituadas a ter esse tipo de contacto, esse tipo de proximidade, e neste momento cabe a nós, também, estabelecer um pouco esse distanciamento,  educar os nossos sócios, dar esse incentivo, explicar que é para o bem de todos não é por uma má razão mas sim por uma boa razão, mas os sócios, por vezes, e quando estamos a treinar as vezes não temos isso em atenção, estamos a pensar noutras coisas. Cabe a nós, treinadores, que estamos a ver a situação de fora, normalizar isso, regularizar isso e afastar as pessoas. O uso de toalha já era obrigatório antes, por isso as pessoas não estão a ter dificuldade nisso. Ao início a situação dos banhos foi muito difícil, porque a malta vinha, tomava banho, e ia para o trabalho, principalmente de manhã. Contudo, agora com os banhos, já deixou de ser uma dificuldade. E penso que, quanto a desinfeção do material a malta está a conseguir fazê-lo bem e está a adaptar-se bem.

Qual é a capacidade máximo do ginásio agora?

Neste momento nós reduzimos a nossa ocupação para 50%, tanto na sala de exercício como nas aulas de grupo. De momento, na sala de exercício , podemos ter até 80 pessoas, sendo que, e isso é também uma das normas que foi implementada, que eu não referi, é que deverá haver uma pré-reserva, ou seja, se quiser vir treinar, deverá ligar para o ginásio ou marcar na nossa aplicação a sua reserva. Sendo que, sempre que quiser vir no momento treinar deverá estar sujeita à possibilidade de treinar ou não consoante a lotação do ginásio.

Continuam a disponibilizar as aulas de grupo online?

Nós criamos o nosso sistema de aulas online na nossa plataforma. É assim, o ginásio está também a criar um projeto em que poderá ser possível a partir de agora treinar em casa, seja sozinho, seja em aulas de grupo, seja ao momento com outras pessoas, ou com um personal trainer, e esse conteúdo está ainda a ser lançado por nós. As aulas que foram filmadas estão ainda a ser lançadas. Há pessoas que ainda optam por treinar em casa. Sentem-se mais confortáveis, ainda não se sentem bem para ir ao ginásio. Nós respeitamos e compreendemos isso como é logico, há pessoas que têm mais receios, outras menos. Há grupos de risco, há grupos que estão mais fragilizados quanto ao vírus, e essas pessoas merecem continuar a treinar e devem continuar a treinar, e nós continuamos a fazer os possíveis para que elas se mantenham ativas em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *