Ilhenses celebram Ressurreição

Na Semana Santa da Páscoa, a tradição mantém-se na união de freguesias da Guia, Ilha e Mata Mourisca, no concelho de Pombal.

A Semana Santa começou no Domingo de Ramos, 25 de março. A eucaristia teve início fora da igreja, onde os fiéis levaram ramos de oliveira que foram benzidos por água benta, seguida de procissão.

Na quinta-feira ocorreu o lava-pés. Na Bíblia está escrito que foi na quinta-feira que se realizou a Última Ceia entre Jesus Cristo e os 12 apóstolos. Foi também nessa noite que Jesus lavou os pés aos seus apóstolos. Para simbolizar esse acontecimento, o pároco António Nogueira, que preside as cerimónias na Ilha, lavou os pés aos jovens que fazem a Profissão de Fé este ano.

Na sexta-feira, Jesus morreu. Nessa noite, os fiéis vão à missa e no final da celebração beijam a cruz. No sábado ocorreu a Vigília Pascal.

No Domingo, na eucaristia dois fiéis leram a liturgia da Ressurreição de Cristo e no fim foram distribuídos as cruzes e os sinos para a Visita Pascal. O Compasso é realizado por cidadãos da Ilha que se disponibilizaram para no Domingo de Páscoa andar de casa em casa a abençoar com a palavra de Deus. A Visita Pascal teve início às 15h00, com o toque de sinos e lançamento de foguetes. As pessoas que querem receber o Compasso abrem a porta de suas casas, beijam a cruz e dão dinheiro.

 

Texto e imagem: Carolina Dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *